Blog

Receba novidades e promoções da Escape Time   

Publicado por em 12 de Janeiro de 2017

Escape rooms colocam profissionais em situações de pressão por Jornal Dia a Dia

Desenvolvimento de habilidades específicas no time de colaboradores de uma empresa pode salvá-la da crise

Uma sala fechada, uma equipe e uma hora para resolver um enigma sob pressão. Essa é a proposta das escape rooms para divertir o público, mas vai muito mais além. As empresas já têm adotado o jogo como método para fazer treinamento de equipe e até selecionar futuros profissionais. Isso porque a brincadeira nada mais é do que replicar o dia a dia do profissional – um conjunto de acontecimentos estressantes e situações de crise que exigem respostas imediatas. Com uma pequena diferença, é claro: no jogo há descontração e diversão.

Em outras palavras, as escape rooms podem mostrar aos profissionais que é possível lidar com diversas situações complicadas quando há foco no objetivo e controle emocional. “Por meio dos jogos corporativos que fazemos, testa-se colaboração entre funcionários, liderança, comunicação, lidar com emoções, desenvolvimento de habilidades e resolução de problemas”, conta Cláudio Santiago, diretor do Escape Time. Isso permite que o funcionário amplie e torne mais ativo os comportamentos que precisa na vida real.

A empresa pode levar profissionais de RH ou psicólogos que monitoram externamente, por microfones e câmeras, os participantes, e tomem notas no desenrolar do jogo. O que é possível observar logo de início, é que todos possuem uma habilidade de grande destaque e cabe à empresa decidir posteriormente como ela pode usar isso a seu favor. Por exemplo, se alguém é um líder natural, vai tomar a frente da situação e coordenar os demais; porém, se for alguém mais reservado, ele terá uma análise melhor e mais crítica das coisas.

As escape rooms nada mais são do que salas de fuga, ambientadas em determinadas situações e com histórias diferentes. No Escape Time são cinco salas tematizadas: Z-Vírus, Quarto 66, 1 Contra Todos (inspirada na série da FOX), Alcatraz e a recentemente inaugurada, Pânico no Expresso do Oriente. O cenário rico em detalhes ajuda a tornar as situações realistas e fazem com que os participantes mergulhem nas histórias que estão sendo contadas, seja através das pistas misteriosas ou dos fatos mais inesperados que acontecem durante o jogo.

Fonte: Estillo Press Comunicação http://jornaldiadia.com.br/2016/?p=211311

4befc780-ddaf-4974-ab83-e7d78c4b0e5c